Reabrimos os nossos serviços de atendimento presencial apenas para atendimentos com marcação prévia. Para agendar a sua visita às nossas lojas por favor contacte-nos através da Linha de Atendimento respectiva (Beiragás, Dianagás, Duriensegás, Lisboagás, Lusitaniagás, Medigás, Paxgás, Setgás, Tagusgás)

Fechar
Emergências
Beiragás
800 508 800
+
Dianagás
800 020 039
+
Duriensegás
800 209 999
+
Lisboagás
800 201 722
+
Lusitaniagás
800 200 157
+
Medigás
800 500 063
+
Paxgás
800 020 041
+
Setgás
800 273 030
+
Tagusgás
800 500 005
+
Saiba mais
PT

Obras na Via Pública

A nossa rede de distribuição e ramais de ligação, instalados na via pública, estão identificados para facilitar a sua localização.

Para evitar riscos desnecessários prestamos apoio na localização das nossas infraestruturas e, quando necessário, no acompanhamento dos trabalhos.

Saiba abaixo como pedir o nosso acompanhamento, quais as medidas de prevenção a adotar para evitar acidentes e como atuar em caso de acidente.

Como pedir o acompanhamento dos trabalhos

Queremos contribuir ativamente para a redução do risco de acidentes. Antes de iniciar trabalhos de escavação confirme connosco a existência e localização da tubagem de gás no local.

Pode consultar as nossas infraestruturas através do Sigás

Para solicitar a presença do nosso técnico contacte-nos:

 

Empresa Contacto
Beiragás ome.norte.gn@ggnd.pt
Dianagás ome.sul.gn@ggnd.pt
Duriensegás ome.norte.gn@ggnd.pt
Lisboagás ome.lisboa@ggnd.pt
Lusitaniagás ome.norte.gn@ggnd.pt
Medigás ome.sul.gn@ggnd.pt
Paxgás ome.sul.gn@ggnd.pt
Setgás ome.sul.gn@ggnd.pt
Tagusgás ome.sul.gn@ggnd.pt

Medidas de prevenção para evitar acidentes

Para evitar acidentes nas infraestruturas de gás existentes no subsolo, deverá tomar as seguintes medidas de prevenção:

  • Antes de iniciar qualquer intervenção no subsolo deverá solicitar-nos o cadastro com a localização das infraestruturas enterradas. Poderá também pedir à Câmara Municipal.
  • Antes de iniciar a abertura de vala, deverá solicitar a presença do nosso técnico para acompanhar os trabalhos, o qual ajudará a identificar a localização exata das infraestruturas de gás natural;
  • Antes de espetar estacas deverá confirmar, com rigor, que não existem naquele lugar infraestruturas no subsolo;
  • Todos os trabalhadores intervenientes na obra devem ser informados dos riscos associados a fugas de gás, em especial os operadores de máquinas de escavação, que devem estar esclarecidos sobre a existência de tubagens de gás no subsolo
  • Todas as pessoas envolvidas na obra devem cumprir – sempre – todas as regras de segurança;
  • NÃO FUMAR NEM FOGUEAR nas proximidades das instalações de gás;
  • Se cheirar a gás, as pessoas presentes no local devem afastar-se de imediato e contactar-nos pela linha de Emergência e Avarias ou ligar o 112.

Como atuar em caso de acidente

Se, apesar das medidas tomadas, não for possível evitar um incidente, saiba como atuar de modo a minimizar as consequências:

  • Elimine qualquer possível ponto de ignição próximo do local da fuga de gás (fogo livre, veículos, máquinas, equipamentos elétricos, telemóvel...);
  • Saia o mais rápido possível do local da ocorrência;
  • Ligue-nos de imediato para a linha de Emergência e Avarias, indicando:
    • O seu nome (primeiro e último);
    • Local da ocorrência (cidade, rua, localidade, pontos de referência);
    • Tipo de acidente;
    • Nome do dono/responsável da obra e o respetivo empreiteiro ou subempreiteiro.
  • Afaste todos os intervenientes na obra e outras pessoas do local;
  • Em caso de fuga de gás isole o local, de modo a não permitir a circulação de viaturas;
  • Feche as portas e janelas dos edifícios próximos;
  • Desligue o motor de todos os equipamentos que estejam a funcionar nas proximidades;
  • Não retire do local da fuga de gás a ferramenta ou objeto que provocou o dano (pode ajudar a controlar a fuga!).

Perguntas frequentes

Onde posso encontrar o número de emergência da minha operadora da rede de Distribuição?

O numero de emergência encontra-se no autocolante ou placa afixados na caixa de contador. O Cliente pode também consultar o número de emergência do Operador de Rede de Distribuição, ou em alternativa consultar a fatura de gás do seu Comercializador, que por norma refere o contacto de piquete do seu ORD para efeitos de emergência ou atendimento técnico. 

Que medidas de segurança existem na operação das redes ?

Para garantir a segurança, efetuamos uma monitorização e vigilância permanente de toda a rede de distribuição em serviço, bem como de todos os seus parâmetros de funcionamento. Efetuamos com particular relevância um acompanhamento às situações relacionadas com obras de terceiros em locais próximos das infraestruturas de gás, acautelando desta forma eventuais danos nas infraestruturas de gás.

 

Em complemento, possuímos um sistema de emergência e piquete, constituído por equipas especializadas para atuarem e prevenirem as situações de acidente no mais curto espaço de tempo e ao mais pequeno sinal de alarme – cheiro a gás, monitorização de pressões e pontos críticos da rede.

Em caso de algum tipo de obra na minha rua, como poderei acautelar a minha segurança e a dos meus vizinhos, no que se refere ao gás?

  • Ligando para a Linha de Atendimento do Operador de Rede de Distribuição a informar da existência de obras na rua.
  • Inquirindo o responsável pelos trabalhos se possui informação sobre a existência de infraestruturas de gás no local.
  • Em caso negativo, procurar saber junto da empresa que está a efetuar os trabalhos se foram tomadas as precauções necessárias. Ligar para a Linha de Atendimento da empresa, informando-a sobre a situação.

Em caso de cheiro a gás na via pública, que devo fazer?

- A sua identificação;

- Local da ocorrência (rua, localidade, pontos de referência, etc.);

  • Eliminar qualquer possível ponto de ignição próximo ao local 

Onde termina a rede de distribuição pública e começa a instalação do cliente?

A delimitação de propriedade entre a rede de distribuição de gás e a rede do cliente (instalação individual ou colectiva) é feita através da válvula de seccionamento, ou válvula de corte geral.  Esta válvula está normalmente instalada junto ao edifício (na via pública, ou no limite de propriedade), e considera-se a partir desse ponto o fim da rede de distribuição pública e o início da instalação interior do cliente.

Como entrar em contacto com a distribuição?

O Cliente pode entrar em contacto com o Operador de Rede de Distribuição, através dos contactos telefónicos ou das lojas de atendimento, ou diretamente através da página do Portal.

Comunique aqui a sua leitura
Pode encontrar o CUI na fatura do comercializador ou na placa instalada junto ao contador
CUI inválido
Introduza apenas os números à esquerda da virgula
Introduza apenas os números à esquerda da virgula. Leitura inválida
A leitura de xx m³ está fora dos parâmetros. Deseja confirmar a leitura ?
Serviço indisponível
Não foi possível registar a leitura para o CUI indicado.
Por favor aguarde...
A leitura de xx m³ foi submetida com sucesso.
Comunicar Leitura